Dor nas articulações sugerem sinais de alerta

Dor nas articulações sugerem sinais de alerta

As doenças reumáticas representam o conjunto de diferentes enfermidades que acometem o aparelho locomotor, ou seja, ossos, articulações, cartilagens, músculos, tendões e ligamentos. Algumas podem comprometer outras partes e funções do corpo humano, como rins, coração, pulmões, olhos, intestino e até a pele. Dentre as mais de cem doenças reumáticas, as mais comuns são a artrose, artrite reumatoide, fibromialgia, osteoporose, tendinites e bursites e outras patologias que acometem a coluna vertebral.

Esse grupo de doenças não é transmissível ou contagioso e normalmente é acompanhado de dor. Não ocorrem só em idosos. Crianças, jovens e adultos também podem ser acometidos pela doença. Sua incidência não depende de cor, sexo ou idade e podem ser causadas ou agravadas por fatores genéticos, traumatismos, obesidade, sedentarismo, estresse, ansiedade, depressão e alterações climáticas.

As doenças reumáticas, assim como outras enfermidades crônicas, têm tratamento. Se a doença for descoberta no início e tratada de maneira adequada, o paciente reumático pode levar uma vida normal e sem dores, minimizando o risco de incapacidade física. Por isso, ao perceber dor nas articulações, principalmente por mais de seis semanas, acompanhada de vermelhidão, inchaço, calor ou dificuldade para movimentar as articulações (especialmente ao acordar pela manhã), procure seu médico, diagnóstico e tratamento.

Fonte: Ministério da Saúde
www.blog.saude.gov.br